Loading...

Trailer

Sinopse

Anos 60, Brasil. Nando, um menino de 12 anos, narra as aventuras do pai, um idealista sonhador que sai do interior de Minas Gerais para a capital recém-inaugurada Brasília, mas ainda com obras em andamento. O desejo de ascensão social e de participar da construção da nova capital leva Antônio e a família, num caminhão, para a capital do país. Embalado pela agitação política do período e pelas reformas prometidas pelo então presidente João Goulart, Antônio se depara com a militância política e a agitação dos trabalhadores. Nando começa uma nova vida e encontra novos amigos e uma nova paixão. Chega o golpe militar. Os sonhos se tornam pesadelo de um dia para o outro. Um capítulo efervescente da história do Brasil contado a partir dos sonhos de uma família do interior.

O Diretor

andre-ristumANDRÉ RISTUM – Começou a trabalhar em cinema na Itália, em 1991 e em 1995 atuou como assistente de direção de Bernardo Bertolucci em “Beleza Roubada”. No ano seguinte, foi assistente de direção de Rob Cohen, em “Daylight”. Em 1997, foi para Nova York estudar cinema na School of Continuing Education da New York University. A partir de 1998 dirigiu vários curtas e longas documentário premiados: “Pobres por um dia”, “Homem voa?” (Melhor direção na Mostra de Goiânia e Melhor filme do Festival de Campo Grande), “Tempo de resistência”, “De Glauber para Jirges” (selecionado Hors Concours no Festival de Veneza e vencedor de vários prêmios no Brasil), “14 Bis” (Melhor filme na Mostra de Goiânia e no Festival de Cabo Frio) e “Nello’s” (vencedor do prêmio Canal Brasil no Festival É Tudo Verdade). Em 2011 lançou seu primeiro longa de ficção, “Meu País” (vencedor de seis prêmios no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, dentre os quais o de Melhor diretor e de melhor filme pelo público, e Melhor Filme de 2011 do Prêmio FIESP-SESI de Cinema de 2012), produzido pela Sombumbo Filmes em co-produção com a Gullane Entretenimento e estrelado por Rodrigo Santoro, Cauã Raymond, Débora Falabella, Anita Caprioli e Paulo José.

O Autor

emediatoLUIZ FERNANDO EMEDIATO - Nasceu em 1951 em Belo Vale, MG, e passou toda a infância e parte da adolescência numa vida errante pelo interior do estado, porque o pai, Antonio Trindade, jamais criou raízes, apesar de ser filho e genro de fazendeiros. Em 1963, Antonio trocou a casa por um caminhão e foi para Brasília, que ainda estava em construção. Ali foi preso, em abril de 1964, por causa do golpe militar, e depois voltou para a fazenda do sogro, de onde afinal saiu, logo em seguida, carregando a família, para novas aventuras. A saga dessa família anônima, cujos sonhos são destruídos pelo golpe militar de 64, inspirou Emediato – já escritor – a escrever o livro “O outro lado do paraíso”, que serviu de base para o roteiro do filme de mesmo título, dirigido por André Ristum.

Emediato formou-se em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG e teve uma carreira brilhante no jornalismo: ingressou no jornalismo em 1973, como repórter no extinto "Jornal do Brasil"; foi para o jornal "O Estado de S. Paulo" em 1978 e lá ficou 10 anos, como repórter especial, editor, criador do Caderno 2 e correspondente de guerra, até transferir-se em 1988 para o SBT, onde foi diretor-executivo de Jornalismo e de onde saiu em 1990, quando abandonou a profissão. Ganhou os principais prêmios do jornalismo: o Esso, o Rei de Espanha de Jornalismo Internacional e o Premio da Sociedade Interamericana de Imprensa – SIP, entre outros.

Como escritor, Emediato ganhou mais de 30 prêmios literários, entre eles o "revelação de Autor" no lendário Concurso de Contos do Estado do Paraná, em 1971, quando tinha apenas 19 anos. Este concurso revelou, entre outros, Dalton Trevisan, Rubem Fonseca e Roberto Drummond. Emediato publicou nove livros, entre eles “O outro lado do paraíso”, “Verdes anos”, “Os lábios úmidos de Marilyn Monroe”, “Não passarás o Jordão”, “A rebelião dos mortos” e “Geração Abandonada”. Seus contos foram organizados pelo escritor Luiz Ruffato e reunidos em  2004 num único volume intitulado “Trevas no Paraíso”. Hoje, depois de ficar exatamente 30 anos sem escrever, Emediato está escrevendo um longo romance intitulado “Perdição”, que pretende abarcar, com personagens reais e fictícios, 50 anos da história do Brasil.  Atualmente, Emediato é publisher da editora Geração.

Os Produtores

NILSON RODRIGUES – Empresário, produtor cultural, diretor e roteirista de televisão, teatro e cinema, nasceu em Abadia de Dourados, Minas Gerais. Produziu os documentários “Bernardo Sayão e o Caminho das Onças”, dirigido por Sérgio Sanz; “Josué de Castro – Por um mundo sem fome”, “Paulo Freire – Educar para transformar”, dirigidos por Tânia Quaresma; a série de TV “Impressões do Brasil”, dirigida por Ronaldo Duque. Produziu e dirigiu o espetáculo e a série de TV “Brasil Clássico Caipira”. Em teatro, produziu e dirigiu “Duas ou Três Coisas que Eu Sei Sobre o Amor”’ de Martha Medeiros; e produziu “Uma Professora Muito Maluquinha”, de Ziraldo, e “Tudo Por um Fio”, ambas dirigidas por Marcelo Souza. É produtor associado do filme infantil “Tainá 3 – A Origem” e consultor de” Qualquer Gato Vira-Lata”, ambos de Pedro Rovai. Idealizou e produziu o Festival de Inverno de Bonito e o BIFF – Festival Internacional de Cinema de Brasília, do qual também é diretor geral. É diretor do CineCultura Liberty Mall e Coordenador Geral da Bienal Brasil do Livro e da Leitura, Brasília – DF.

LUIZ FERNANDO EMEDIATO – Luiz Fernando Emediato nasceu em Minas Gerais, onde se formou jornalista e lançou o primeiro de seus nove livros, “Não passarás o Jordão”, em 1977. Ele vive em São Paulo desde 1978. Trabalhou no “Jornal do Brasil”, em “O Estado de S. Paulo” (onde ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo e o Prêmio Rei de Espanha) e no SBT, de 1988 e 1990, onde inaugurou no Brasil o telejornalismo feito e apresentado por “âncoras” e não por locutores, como era comum. Em 1990 ele deixou a profissão de jornalista e criou sua editora, a Geração Editorial, que passou a produzir também filmes. Emediato é autor, entre outros livros, de “Geração Abandonada”, “Trevas no Paraíso”, “Verdes Anos” (também adaptado para cinema, por Giba Assis Brasil e Carlos Gerbase) e da peça “Ekhart, o Cruel”.

Elenco

Além das crianças DAVI GALDEANO, HENRIQUE BERNARDES, TAÍS BIZERRIL, MAJU SOUZA, PEDRO HENRIQUE.

Ficha Técnica

O Outro Lado do Paraíso (Brasil, 100 min., 2014) Direção: André Ristum Roteiro: Marcelo Muller (roteiro final), Ricardo Tiezzi, André Ristum e José Rezende, baseado no livro de mesmo título de Luiz Fernando Emediato. Consultoria do cubano Senel Paz. Elenco: Eduardo Moscovis, Davi Galdeano, Simone Iliescu, Maju Souza, Flavio Bauraqui, Jonas Bloch, Murilo Grossi, Camila Márdila, Stephanie de Jong, Adriana Lodi, Taís Bizerril, Henrique Bernardes e Iuri Saraiva. Produção: Nilson Rodrigues e Luiz Fernando Emediato Fotografia: Helcio ‘Alemão’ Nagamine Montagem: Gustavo Giani Música: Patrick De Jongh Participação Especial na Música: Milton Nascimento Produtora: Mercado Filmes e Geração Entretenimento Distribuidora: Europa Filmes

Distribuição: A Europa Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição de filmes, em cinema, vídeo, televisão e internet (VOD), desde 1990. Tem como diretor geral Wilson Feitosa, fundador da empresa. Possui um amplo repertório de filmes, que vai de blockbusters americanos aos filmes de arte europeus. Em seu catálogo, estão muitos indicados e ganhadores do Oscar, tanto estrangeiros como brasileiros. A Europa Filmes é uma distribuidora preocupada em oferecer o que há de melhor em conteúdos e serviços a seus parceiros e consumidores.

 Informações para a Imprensa:
ProCultura: 11 3263-0197
Fláviaflavia@procultura.com.br
Cláudiaclaudia@procultura.com.br

patrocinio

Prêmios

O Outro Lado do Paraíso” ganhou o prêmio de melhor filme do júri popular no Festival de Gramado e outros sete prêmios no Festival de Brasília, o Troféu Câmara Legislativa, incluindo melhor filme na escolha do público, melhor ator (Davi Galdeano), melhor atriz (Simone Iliescu) e Melhor Roteiro. Ainda recebeu os prêmios de Melhor Filme, Melhor Atriz (Maju Souza) e Melhor Filme pelo Júri Popular Jovem no Festival Latino-americano de Trieste, na Itália e o Premio Radio Exterior de Espanha, ao longa metragem que melhor reflita a realidade latino-americana, no Festival Latino Americano da Catalunha, em Lleida na Espanha.

Mídia

Imagens

 

Clippings

 

Release

Clique aqui para fazer o download